O que é código SWIFT?

11 . 08 . 2020

O que é código SWIFT? Se você trabalha com remessas internacionais, já deve ter se deparado com a sigla SWIFT. Entenda o que é, qual a sua finalidade e por que é fundamental para operações de remessas internacionais.

Operações de câmbio - Código SWIFT

 

Se você utiliza serviços de remessas internacionais, já deve ter se deparado com essa sigla. Sabemos que o processo de envio e recebimento de remessas internacionais envolve diversos códigos, taxas e informações que variam conforme o país, banco e serviço. Entenda um pouco melhor sobre o que é SWIFT e qual o seu papel nas transações.

 

O que é Código SWIFT?
 
Quando realizamos um pagamento ou desejamos receber por uma transação internacional, uma remessa é enviada para seu destino final por meio de bancos intermediários que fazem a movimentação do capital de um país para o outro. Para identificar a origem e o destino da movimentação interbancária foi estabelecido um sistema global unificado de códigos bancários, ou Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication, abreviado como SWIFT.
 

O SWIFT, também conhecido como BIC (Bank Identifier Code), permite que as instituições financeiras ao redor do mundo identifiquem a origem da transação, servindo como um código-chave que especifica o país da remessa e os agentes econômicos envolvidos na operação. Nesse código é possível identificar: o país, o banco, a localização e a agência que realiza o pagamento.
 

O IBAN (International Bank Account Number) é outro código necessário na transação, responsável por identificar a conta do beneficiário da transferência. Sendo assim, o SWIFT é o código que traduz a origem da remessa e o IBAN, o destino.

 

Estruturação do Código
 

O código SWIFT tem 8 ou 11 caracteres, tendo sua estrutura dividida em quatro partes: AAAA BB CC ou AAAA BB CC DDD.
 

A – Representa o banco de origem e é formado por quatro letras;
B – Representa o país onde o banco é localizado, composto por duas letras;
C – Identifica a localização, formado por letras e código;
D – É opcional e representa a agência de origem.

 

Por que é necessário haver um código SWIFT?
 

Além de ser a maneira mais prática e menos suscetível a erros ao identificar as remessas internacionais, o código SWIFT serve como uma padronização de nomenclatura que permite a leitura por países em todo o mundo, de idiomas diferentes. O SWIFT também possibilita maior agilidade nas operações, fazendo com que aconteçam com mais velocidade e segurança.

 

Resumo
 

Agora você já sabe que o SWIFT é uma informação fundamental no processo de remessas e que por meio deles, agentes econômicos do mundo inteiro identificam a origem do pagamento através de informações no código que indicam: o banco, o país, a localização e, por vezes, a agência do banco responsável pelo envio.
 

Se você realiza remessas internacionais para a sua empresa, conte com o Bexs para ter um atendimento consultivo com especialistas em câmbio. Conheça as melhores soluções de câmbio para o seu negócio!

 

Leave a reply