Os 10 anos de Black Friday no Brasil

25 . 08 . 2020

Saiba mais sobre como esta tendência vinda dos Estados Unidos se tornou uma das principais datas comerciais brasileiras e tem expressivos crescimentos anuais.

Black Friday ecommerce

Seguindo a tendência que nasceu e se consolidou nos Estados Unidos durante o feriado de Ação de Graças, a Black Friday se tornou uma sensação mundial e no Brasil não poderia ser diferente. O evento do varejo com grandes descontos existe no Brasil desde 2010 e se tornou a data comercial mais aguardada do ano, se mostrando pelos números históricos expressivamente a mais popular no ambiente online, roubando a cena até do Natal. O objetivo dos consumidores é garimpar grandes descontos, que podem chegar a 90% do preço original.

 

Diferentemente dos Estados Unidos, no Brasil a Black Friday não se limita a um dia e tem duração de aproximadamente uma semana, com ofertas válidas nos dias anteriores e posteriores da data internacional.

 

O aumento da confiança dos consumidores fez a versão brasileira da Black Friday ter em 2019 o melhor ano desde a criação do evento, no início da década. As vendas no e-commerce bateram a marca dos R$ 4,1 bilhões em apenas cinco dias de Black Friday, com alta de 22% em relação a 2018, aponta a Ebit/Nielsen, superando os números previstos.

 

Outro dado interessante do evento de 2019 foi referente às compras via dispositivos mobile que tiveram penetração de 53%, superando o desktop, atestando um crescimento de 85% em relação à edição anterior. O evento acabou se mostrando como uma oportunidade para as marcas gerarem tráfego e desenvolverem relacionamento com novos consumidores que, mesmo não comprando de imediato, podem ser engajados e vir a converter no futuro. Portanto, investir em numa jornada online responsivo faz muita diferença na experiência do cliente e na eficácia das vendas online.

 

Entre os produtos com maior intenção de compra entre os que pretendem participar da Black Friday, destaque para celulares (48%), computadores (38%), eletrodomésticos (36%), roupas (34%), calçados esportivos (32%) e perfumes (33%).

 

Nos últimos anos a Black Friday passou a se consolidar também nas lojas físicas de ruas e shoppings e não somente no ambiente online onde nasceu no Brasil. Este fato é devido também ao sistema de omnichannel ou lojas multicanais, que integra sistemas de lojas físicas e online, se mostrando uma opção vantajosa para aqueles que compram online, mas buscam a desoneração dos custos de frete e também que querem ter os produtos nas mãos em um prazo menor, buscando-os diretamente nas lojas físicas. Esta tendência da estratégia multicanais deve se consolidar cada vez mais no mercado brasileiro.

 

Em 2020, a Black Friday acontecerá no dia 27 de novembro. Visto que os brasileiros costumam esperar este evento para a compra de produtos de ticket-médio elevado, e que a maioria dos e-shoppers não apresenta liquidez suficiente para a aquisição integral dos produtos, eles certamente contam com a opção do parcelamento no momento do pagamento. Portanto, é de suma importância que as sites e lojas ofereçam a gama completa de meios de pagamentos preferidos pelos brasileiros, entre eles o parcelamento.

 

Previsibilidade de estoque, logística efetiva, meios de pagamentos adequados e plataforma responsiva que suporte altíssimos níveis de acessos, são alguns pontos de atenção para e-commerces e marketplaces fazerem a diferença na mais importante data comercial e conseguirem altos índices de conversão de vendas.

 

O Bexs Banco oferece soluções digitais que integram pagamentos e câmbio customizadas para negócios de e-commerce e marketplace cross-border. Clique e saiba mais.

Related Posts

Leave a reply