Investimento no exterior via SAFE: como enviar recursos

01/06/2021

Procurando opções de investimento no exterior? Conheça a SAFE, uma nova tendência em levantamento de capital.

 

investimento no exterior via safe

 

O investimento brasileiro no exterior tende a aumentar proporcionalmente ao crescimento da incerteza política e econômica vivenciada no Brasil. Isso porque o investidor nacional tende a buscar lá fora a rentabilidade não encontrada em ativos no país, tais como a participação no capital de empresas em fase de crescimento.

 

Para aqueles que optam por dolarizar os investimentos, um dos caminhos que pode ser escolhido pelos brasileiros é a contratação do SAFE – Simple Agreement for Future Equity, instrumento originado e utilizado nos EUA para a capitalização de empresas em estágio inicial (seed investments).

Simple Agreement for Future Equity: como funciona esse tipo de investimento no exterior

 

Por meio do SAFE, o investidor remete recursos à empresa sediada no exterior, a fim de financiar o início de suas atividades. O objetivo é ter acesso à ações no momento da concretização de eventos pré acordados. Ou seja, obter retorno financeiro quando acontecer a venda da empresa. Também pode ocorrer a realização de rodada de investimento com a emissão de novas ações (Equity Financing). Nesse caso, geralmente o investidor escolhe entre receber em dinheiro ou em ações.

 

Vale destacar que, apesar de conferir ao investidor o direito de receber ações, o SAFE não é um crédito convencional e não pode ser equiparado ao mútuo, especialmente por não possuir  características como a incidência de juros e fixação de data de vencimento para a quitação da obrigação pecuniária.

 

Uma vez decidida a contratação do SAFE, o investidor brasileiro ainda tem alguns passos a seguir. Em primeiro lugar, ele deve se munir da documentação que a formalize. Posteriormente, ele poderá efetuar a remessa dos recursos ao exterior mediante a contratação de operação de câmbio. A avaliação dos elementos cambiais antes da data de liquidação é essencial para a eficiência da transação financeira. Caso não haja tempo hábil para esta análise prévia, o investidor deve procurar uma instituição financeira especializada em câmbio para executar a sua operação.

 

As informações aqui contidas são de caráter exclusivamente informativo, não constituindo recomendação, oferta de venda de fundos ou análise de investimento. O Bexs Banco é uma instituição especializada em câmbio e registros no Banco Central do Brasil, que oferece soluções de pagamento e consultoria, contribuindo para o desenvolvimento do negócio de seus clientes.

 

Últimas notícias

Receba informações do mercado, de investimentos e insights sobre tecnologia digital integrando pagamentos e câmbio

Suas informações estão seguras conosco :)