Venture Capital e o Câmbio By Design

26/04/2021

Leia o artigo do Bexs Banco e entenda quais são os cuidados necessários na estruturação de um investimento estrangeiro de Venture Capital para uma empresa no Brasil.

 

O aquecimento do mercado de investimentos no Brasil é fato consolidado, assim como o interesse crescente de investidores estrangeiros nas empresas brasileiras ainda em fase de crescimento, que oferecem ao mercado projetos inovadores (Startups). Segundo Distrito Dataminer, foram captados US$ 3,5 bilhões no ano passado, representando crescimento de 17% quando comparado aos US$ 2,97 bilhões aportados em 2019. As rodadas de investimento também cresceram ano passado: 469, ante 260 em 2019.

 

Desse modo, os investimentos em Venture Capital têm movimentado grande volume de capital externo, acarretando no aumento das transações de câmbio: conversão da moeda estrangeira, paga pelo investidor, em moeda nacional, recebida pela Startup.

 

Entretanto, apesar da operação de câmbio ser o meio pelo qual o dinheiro ingressa no Brasil, durante a estruturação do projeto de investimento algumas Startups acabam não levando em consideração aspectos relevantes referentes às exigências regulatórias cambiais.

 

E quais seriam os cuidados necessários na estruturação de um investimento estrangeiro de Venture Capital?

 

Preferencialmente, a Startup deve pensar no câmbio by design, desde o início da estruturação do investimento. No momento da escolha da modalidade de investimento já deve se pensar na respectiva natureza cambial, em razão dos seguintes impactos:

 

  • tributação incidente sobre a operação de câmbio;
  • documentação exigida pela instituição autorizada a operar o câmbio;
  • registros no Sisbacen.

 

A observância destes elementos contribui para que a operação financeira seja processada de forma mais eficiente e segura, uma vez que a instituição autorizada a operar o câmbio (contratada pela Startup) revisará tais pontos antes de efetuar a liquidação.

 

Nas situações em que há estruturação cambial prévia, o fechamento do câmbio tende a ser mais rápido do que naquelas em que os aspectos cambiais são verificados apenas no momento do recebimento dos recursos. A agilidade na operação é fundamental, especialmente em um cenário de alta volatilidade do mercado de câmbio, no qual um dia de atraso pode ser irremediável!

 

Em razão disso, recomenda-se que os aspectos práticos do recebimento dos recursos sejam avaliados desde o princípio, evitando que as partes interessadas sejam surpreendidas por eventos que não haviam mapeado.

 

Caso não haja a possibilidade de tratar o câmbio logo no começo do projeto, é essencial a escolha de uma instituição financeira especializada em câmbio, para que a operação seja tratada com a assertividade e a eficiência que o cliente precisa.

 

O Bexs Banco é uma instituição especializada em câmbio e registros no Banco Central do Brasil, que oferece soluções de pagamento e consultoria, contribuindo para o desenvolvimento do negócio de seus clientes. Fale com um especialista.

Últimas notícias

Receba informações do mercado, de investimentos e insights sobre tecnologia digital integrando pagamentos e câmbio

Suas informações estão seguras conosco :)